>

Quando nasci, era preto.
Quando cresci, era preto.
Quando pego sol, fico preto.
Quando sinto frio, continuo preto.
Quando estou assustado, também fico preto.
Quando estou doente, preto.
E, quando eu morrer continuarei preto !

E tu, cara branco.
Quando nasce, é rosa.
Quando cresce, é branco.
Quando pega sol, fica vermelho.
Quando sente frio, fica roxo.
Quando se assusta, fica amarelo.
Quando está doente, fica verde.
Quando morrer, ficará cinzento.

E vem me chamar de homem de cor ?

(Escrito por uma criança Angolana)

like
like
like
like
like
like
like
" É que eu não faço questão de mais nada. De agradar as pessoas, de sair de casa, de lutar para que elas fiquem, de fazer com que as coisas realmente aconteçam. Agora, eu simplesmente deixo que tudo aconteça, sem surpresas, sem contradições, sem frustrações. "
like
like
like
©